por Pedro Brandt

Não vejo a hora da série Vida de estagiário estrear na tevê. Em novembro do ano passado, passei uns dias de férias em São Paulo, na casa do Vitão, meu primo e diretor da adaptação televisiva da hilária tirinha criada por Allan Sieber. Tive o privilégio de ver três episódios e posso garantir: ficou incrível.

Não vou comentar muito para não estragar a surpresa, mas posso adiantar que a série tem uma pegada de humor que eu não vejo na tevê brasileira. Fico muito satisfeito com isso, não só pelo Vitor, mas também porque estou cansado desse humor sem ideias e enervantemente sem-graça que, com raríssimas exceções, impera na televisão — tanto na aberta, quanto na paga — aqui no Brasil.

clique para ampliar
Esta semana, o Sieber postou no blog dele o teaser de Vida de estagiário. Baseado apenas em 1,5 min de vídeo, alguns leitores já vieram jogar pedra. Eles não fazem ideia do que estar por vir. Pelo vídeo, realmente, não dá para ter muita noção do que será a série. Por um lado, se eu tivesse visto apenas esse trailerzinho, talvez também ficasse com o pé atrás. Por outro, se eu tivesse achado palha o que vi em São Paulo no ano passado, nem perdia meu tempo divulgando a parada.

Vida de estagiário será exibido pela TV Cultura e, por enquanto, não tem data de estreia.

Crédito da foto: Manoela de Ombreiras

2 comentários

Julia disse... @ 29 de abril de 2011 20:55

eu vi pela tv ano passado, não me lembro o canal, mas quem divulgou na época foi o Alan Sieber também. Se não me engano, era um teste e dependendo da aceitação do publico, viraria mesmo seriado. Que bom que virou! E, aliás, merecido. Tá muito fiel ao quadrinho, bem mais que o "Aline", da Globo..

Pedro Brandt disse... @ 5 de maio de 2011 14:00

Oi Julia,

Obrigado por comentar. Achei a série Aline muito boa! Os personagens tem carisma e vivacidade, os roteiros são muito bem amarrados e tem situações bem humoradas. Além disso, a realização da série é muito bem feita. A Aline da tevê não me lembra muito a dos quadrinhos, mas, nesse caso, não acho que seja um problema, já que o resultado ficou muito legal. Mesmo que os roteiros da série Vida de Estagiário não sejam de autoria do Allan Sieber (ele e o Arnaldo Branco criaram alguns argumentos para alguns episódios, mas não sei se eles chegaram a ser filmados), a equipe da série conseguiu manter o clima das tirinhas e ir além - dando uma cara muito própria para a série. Até porque, nos quadrinhos, apenas dois personagens são fixos (Oséias e Seu Almeida) e a série tem um quadro de personagens que participam de todos os episódios.

Abs!

Postar um comentário

 
Back to Top